16 junho 2010

As práticas necessárias, mas não suficientes...

A propósito, isso tem a haver com o que mestre Emir Sader, o homem que melhor pensa o Brasil, hoje em dia, escreveu também um dia desses no seu blog:
“O discurso da esquerda necessariamente parte da denúncia da realidade das nossas sociedades. Busca revelar as mazelas da realidade, às vezes avança na compreensão das raízes dos problemas. Essa é uma atividade permanente e indispensável da militância de esquerda, na luta por uma sociedade justa, solidária, humanista. Porém, a denúncia e até mesmo a análise das raízes dos problemas são práticas necessárias, mas não suficientes, se não desembocarem em propostas, em alternativas superadoras dos problemas apontados”.
A questão é que fazer as críticas, tal como as denúncias, é muito fácil. “Desmascarar” é fácil. Difícil mesmo é construir.

Nenhum comentário: