22 julho 2010

O desenvolvimento do atraso 2

Podemos até comemorar o forte crescimento brasileiro neste ano, o qual pode ser superior a 7%, como foi amplamente divulgado pela imprensa. No entanto, há um dado catastrófico por trás disso: O fato de que, pela primeira vez desde os anos 70, seis produtos básicos (soja, farelo, petróleo, açúcar, minério de ferro e carne de frango) responderem por um terço das exportações brasileiras. Ganharam lugar aos manufaturados. Por que? Porque a produção de manufaturados brasileira está, gradualmente, perdendo espaço para economias mais tecnológicas. Nos anos 90 e no começo da década, os manufaturados brasileiros respondiam por uns 50% da pauta de exportações. Em 2009 responderam por, apenas, 44,02%.
Isso significa que estamos perdendo a corrida tecnológica. Quando uma economia exporta batatas significa que não consegue exportar batatas fritas. O motivo disso é que não deu um jeito, como outras economias o fizeram, para reduzir o preço do óleo, ou do gás, ou mesmo dos aditivos agrícolas usados para produzir as batatas, como outras economias fizeram.

Nenhum comentário: