06 julho 2010

Programa de Dilma recua nas metas de democratização da comunicação

Advogados do PT retornaram ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) às 18h43, perto do prazo final de 19h, para substituir o programa de governo apresentado ao tribunal na manhã de hoje pela chapa de Dilma Rousseff. A diferença entre os dois documentos é que, no novo programa, ficaram de fora propostas que podem ser consideradas polêmicas, dentre as quais a do “controle social da mídia” e a do “combate ao monopólio da imprensa”, ambas aprovadas em fevereiro, no 4º Congresso do partido. A assessoria da candidata petista declarou que o programa protocolado no tribunal no fim da tarde ainda é provisório e não contém as propostas dos demais partidos coligados ao PT.  Decisão lamentável.

Nenhum comentário: