19 agosto 2010

Democracia ou plutocracia?

Excelente o artigo de Hideyo Saito publicado no site Carta Maior. Intitulado Democracia ou plutocracia o artigo mostra como a noção de democracia tem servido, meramente, como um pretexto para atacar governos que contrariam interesses dominantes no capitalismo americano. Em conseqüência, o processo eleitoral dos EUA seria, basicamente, aponta Saito, um espaço de negócios. O próprio modelo de financiamento da campanha transforma a eleição numa espécie de investimento. Segundo levantamento do Instituto de Financiamento de Campanha, por exemplo, a receita arrecadada pelo comitê de Barack Obama nas prévias e nas eleições gerais totalizou US$ 746 milhões. Desse montante, 24% vieram de doações abaixo de 200 dólares, 28% de 201 a 999 dólares e 48% acima de mil dólares. As grandes doações representaram menos da metade do total arrecadado, contrariando a tradição - 60% das doações feitas a Bush em 2004, para comparar, foram de valores superiores a mil dólares. Isso, aliás, apenas indica a importância do “investimento” dos pequenos. Não oblitera a participação dos grande “investidores” – que, no caso de Obama, foram os seguintes: California University (US$ 1,6 milhão), Goldman Sachs (US$ 995 mil), Harvard University (US$ 855 mil), Microsoft (US$ 833 mil) e Google (US$ 803 mil). O artigo tem vários dados interessantes e merece leitura.

Nenhum comentário: