03 setembro 2010

Decisão de voto 6

Para concluir, exemplifico com meu voto. Meu voto é no PT, porque acredito no projeto que o PT tem para o longo prazo do Pará e do Brasil. Enquanto acreditar nesse projeto, votarei no PT. E tanto se me faz quem são os candidatos ou suas propostas conjunturais.

Fosse Mercadante o candidato à presidência, no lugar de Dilma, votaria nele.

Fosse Ganzer, no lugar de Ana Júlia, também votaria nele.

Fosse Mário Cardoso, e não Paulo Rocha, votaria igualmente nele.

Por que penso dessa maneira?

Porque sei – inclusive de experiência própria – que um indivíduo, por si mesmo, não consegue governar, ser um gestor público, se não houver por trás um projeto coletivo e uma conjuntura construída.



A realidade é muito maior que a pessoa. Aliás, ainda bem!

Nenhum comentário: