05 outubro 2010

O não retorno de Regina Barata à Alepa

Lamento o não retorno de Regina Barata (PT) à Alepa. Regina foi uma deputada ativa e conciliadora. Seu perfil partidário independente, já que não se vincula a nenhuma tendência interna petista, ajudou, sempre, a construir uma imagem forte para o PT. Em minha opinião, foi pouquíssimo usada, na sua missão parlamentar, pelo governo Ana Júlia. A despeito dos conflitos e tensões ocorridos entre o governo e seu mandato, teria contribuído muito para construir uma centralidade política, sempre necessária, – exatamente pelo fato de que encarna os valores de um PT acima das tendências, uma dimensão absolutamente necessária para a governabilidade e que, é preciso reconhecer, foi subestimada no primeiro mandato Ana Júlia.

Nenhum comentário: