19 outubro 2010

Ouça a bronca que um padre deu em Serra, durante a missa

Veja abaixo o off da bronca que José Serra e Tasso Jereissati levaram de um padre, em Canindé, Ceará. Os dois chegaram, com equipe e cortejo, na hora da missa. Seus asseclas iniciaram a distribuição de panfleto difamatório contra Dilma Roussef. Mais um panfleto repleto de mentiras e de difamações. Coisas do PSDB, como já sabemos e como temos visto nestas eleições.

A missa do Canindé é a maior celebração franciscana do país. Por isso, no dia fatídico em que a comitiva de José Serra invadiu o recinto, havia 80 frades franciscanos de todas as partes do país. Quem celebrava a missa era o padre Francisco Gonçalves, de Pesqueira, Pernambuco. Os pnafletos estavam sendo distribuídos desde a noite anterior.

Depois que o padre se pronunciou contra a exploração política, Tasso Jereissatti avançou em sua direção, aos berros, querendo bater e calar o padre. Foi contido pela esposa. Ele e José Serra tiveram que sair da igreja sob vaias.



Nenhum comentário: