09 novembro 2010

É preciso salvar o Enem

As falhas no Enem são absurdas e lamentáveis, mas é preciso salvar o Enem da fritura iniciada. O Enem é necessário para a qualidade do ensino, à medida em que reproduz a metodologia do Pisa, uma avaliação internacional no campo da educação. 


O Enem avalia processos educativos, e não pessoas, individualmente. Por sua vez, o ministro Haddad - também ele em processo de fritura -, um grande defensor do Enem, deu provas de competência como gestor público e tem colaborado muito para a melhoria da educação brasileira.


É preciso perguntar: a quem interessa o fim do Enem? A resposta é certeira: aos cursinhos pré-vestibulares, que faturam milhões com seus truques e "macetes", num processo questionável de aprendizagem.  Acho que a Polícia Federal deveria entrar nessa investigação, para apurar se não estaria havendo um boicote ao Enem, alguma trama obscura.

Nenhum comentário: