09 novembro 2010

O que não será, hein?

Numa entrevista publicada no jornal O Estado de S. Paulo, Julian Assange, fundador do Wikileaks, o site que revelou mais de 300 mil documentos secretos norte-americanos, respondeu à seguinte pergunta:
"Há também material sobre o Brasil que poderá ser publicado em breve?
Sim. Não posso dizer de quem se trata. Sabemos que parte da informação que temos sobre o Brasil poderia ter abalado as pretensões eleitorais de algumas pessoas. Mas não conseguimos ter tempo de publicar o material antes, diante de todo o caso do Iraque".

Nenhum comentário: