03 dezembro 2010

Sky é contra conteúdo nacional na TV à cabo

A operadora Sky declarou ser contra a imposição de cotas de conteúdo nacional para as emissoras pagas, tal como previsto no projeto de lei sobre regulamentação do serviço de TV por assinatura no país. Em nota divulgada à imprensa, a Sky diz que essa imposição em um negócio privado é uma medida intervencionista, o que considera inconstitucional. “Terá como resultado uma reserva de mercado, o que não contribuirá para o desenvolvimento de uma competição saudável no setor, baseada na qualidade do conteúdo”. 

Essa tese é falha e apenas demonstra a falta de responsabilidade social dessa empresa. A posição da Sky é antiética. Pauta-se por uma ganância não mais admissível na sociedade brasileira. A Sky é uma empresa que tem 100% de conteúdo internacional. Não gera empregos no Brasil e não valoriza os valores e a informação local.

Nenhum comentário: