01 janeiro 2011

Antropologia da notícia e do jornalismo

Há várias etnografias da atividade dos jornalistas: Tuchman (1978), Gans (1979), Fishman (1980), Schlesinger (1991) e Born (2005). Nelas, discutiu-se a noção de notícia em contextos culturais distintos e examinaram as estratégias pelas quais as notícias são criadas, produzidas e distribuidas.

Uma nova obra para a coleção é "The anthropology of news. Global perspectives", organizado por S. Elizabeth Bird e lançado pela Indiana University Press, de Bloomington, em 2010.

Aqui, encontramos idéia de "comunidade interpretativa", criada por Zelizer (2004) para definir a forma de conhecimento produzida pelos jornalistas: a de um conhecimento colectivo, de matriz tática.

A coletânea tem grandes textos: Karin Wahl-Jorgensen (News production, ethnography, and power), Zeinep Devrim Gürsel (U.S. Newsworld: the rule of text and everyday practices of editing the world), Dorle Dracklé (Gossip and resistance: local news media in transition: a case study from the Alentejo, Portugal), Dominic Boyer (Making (sense of) news in the era of digital information).

Nenhum comentário: