17 janeiro 2011

Wladimir Costa, o deputado que mais faltou o trabalho em todo o país

Reproduzido da Rede Brasil Atual:

O deputado Wladimir Costa, campeão de votos em seu estado nas eleições de outubro, fecha a atual legislatura com o título de parlamentar que mais acumulou faltas sem justificativa.

Levantamento divulgado nesta sexta-feira (14) pelo Congresso em Foco mostra que quatro dos dez principais faltosos foram reeleitos. Entre eles, Costa lidera o ranking, com ausência injustificada em quase um terço dos 422 dias de trabalho.

O dono de 236.514 votos é seguido por Clóvis Fecury (DEM-MA), Odílio Balbinotti (PMDB-PR), Suely (PR-RJ) e Dalva Figueiredo (PT-AP). Entre os dez primeiros, quatro foram reeleitos: além de Costa e Dalva, Ratinho Júnior (PSC-PR) e Reginaldo Lopes (PT-MG). Somado, este grupo não justificou 652 das 1.061 ausências acumuladas em quatro anos.

Os motivos aceitos para justificar falta são compromissos políticos e motivos de saúde, condição na qual não se enquadram os parlamentares listados pelo Congresso em Foco. Nas faltas como um todo, incluindo as justificadas, a líder do ranking é Nice Lobão (DEM-MA), seguida por Jader Barbalho (PMDB-PA), Vadão Gomes (PP-SP), Ciro Gomes (PSB-CE) e Marina Magessi (PPS-RJ). Destes cinco, apenas Marina Magessi apresentou projetos. Foram dois: um sobre castração química de pedófilos e outro que visa à proibição de uso de dependências da Polícia Civil para custódia de presos.

Na outra ponta da lista, entre os parlamentares mais presentes, o líder é o deputado Carlos Manato (PDT-ES), sem faltas. Ele é seguido por José Genoino (PT-SP) e Jofran Frejat (PR-DF), com quatro faltas cada um entre fevereiro de 2007 e dezembro de 2010. Dos 513 deputados, apenas 32 tiveram índice de frequência superior a 95%.

Nenhum comentário: