22 março 2011

A casa do governador I

Os governos mudaram, a atitude da imprensa mudou, os valores mudaram (para o dobro), mas há uma coisa que não mudou: a maneira como a imprensa está tratando a questão. Quando o PT era governo, as cobranças foram muitas e foram cruéis. As explicações foram ignoradas. A Rede Record chegou a invadir a casa em reforma que fora alugada para servir de residência oficial. O jornal O Liberal considerou o aluguel, de 5 mil reais, um absurdo. Blogs viram indícios de corrupção.

Que a oposição fizesse seu alarde, normal. Mas a maneira como a imprensa tratou do assunto transpareceu bem mais que disputa política: transpareceu preconceito, visão de mundo e ideologia.

E agora, tudo está diferente... Será? Enquanto a casa alugada pelo governo do PT custava R$ 70 mil por ano, a casa alugada pelo governo do PSDB custa R$ 158 mil reais. Mais que o dobro.

Ah, tem algo diferente: a imprensa esqueceu sua indignação. Tira por menos, acha normal. Reproduz as informações e as explicações dadas.

Cadê a eqüidade, o equilíbrio, a isenção?

Sumiu tudo ou restou um pouco?

2 comentários:

Anônimo disse...

Na verdade meu caro, não sumiu nada, pois nunca nada existiu. Na cabeça desse povo é dinheiro e poderzinho. Como dizia nosso amigo Juca essa Nova Deli é uma piada, oh elitizinha merrequinha, que se debate sem nenhuma dignidade!

Fabio Fonseca de Castro disse...

Vc sabe das coisas...