24 março 2011

Governo pode criar comissão para Jirau

No Correio Braziliense de hoje:

Os atos de vandalismo no canteiro de obras de Jirau, desencadeados por reivindicações de operários, podem levar o Palácio do Planalto a criar uma comissão de análise dos problemas trabalhistas nas grandes obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ontem, o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Arthur Henrique, tratou do assunto em reunião com o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho. O sindicalista pediu a intervenção direta do Executivo sobre as obras das empreiteiras que participam da construção das hidrelétricas de Jirau e de Santo Antônio, ambas no Rio Madeira, em Rondônia.

Na semana passada, protestos violentos de trabalhadores levaram à destruição de boa parte dos alojamentos de Jirau, um dos principais projetos do PAC, orçado em R$ 13 bilhões. Os trabalhos no canteiro de obras da hidrelétrica de Santo Antônio, em Rondônia, devem ser retomados hoje, informaram ontem o sindicato local de trabalhadores e a concessionária do projeto. A construção da usina foi paralisada na última sexta-feira, depois do tumulto em Jirau. 

Em assembleia realizada ontem, os trabalhadores de Santo Antônio decidiram voltar ao trabalho, mas encaminharam uma lista de 20 reivindicações à Santo Antônio Energia, concessionária responsável pelo empreendimento. Entre os pedidos dos trabalhadores estão reajuste de 30% nos salários, mudança do plano de saúde e passagens aéreas a cada 90 dias para que os operários possam visitar suas cidades de origem.

Nenhum comentário: