29 março 2011

Salários da orquestra


Os salários dos músicos da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) são, hoje, de cerca de R$ 6.500,00 em media. Mas irão aumentar, em dois meses, para uma media de R$ 10.000,00. Tudo bem que não é qualquer orquestra: é a mais importante do pais, do alto de seus 70 anos de história, e com várias fases gloriosas – como quando foi regida por Isaac Karabtchevsky – mas justamente por isso deve servir de exemplo para as demais.
Inclusive para a Orquestra do Theatro da Paz.
Até agora o governo do Estado está devendo uma resposta para os problemas da orquestra. Foram muitos anos sem resposta, tanto no governo do PSDB quanto no governo do PT. Isso precisa ser reconhecido, para que se possa avançar em alguns pontos.
O principal foi e continua sendo a questão salarial. Os salários pagos a seus músicos têm uma media de R$ 800,00, o que é um absurdo completo. Alem disso, há questões estruturais que precisam ser mediadas.
Seria bom ouvir o que Roberto Minczuk, atual regente da OSB, tem a dizer a respeito de sua experiência e encontrar caminhos, idéias inspirações. Fica a dica.

Um comentário:

Anônimo disse...

O Estado do Pará precisa de defensores.

Deu no blog da ASCONPA hoje pela manhã, divulguem também.
terça-feira, 29 de março de 2011
Defensoria Pública do Estado não nomeia novos defensores, mas paga super salário ao chefe

Enquanto milhares de cidadãos do Estado sofrem pela falta de defensores públicos concursados, a Defensoria Pública do Estado, que alega não ter dinheiro para nomear novos defensores, paga ao titular do órgão salário de R$ 30.279,40. Isso mesmo, trinta mil e duzentos e setenta e nove reais e quarenta centavos.
A origem desta informação está no Demonstrativo de Remuneração de Pessoal – Ativo 2011 - Folha de janeiro de 2011 - Número de Publicação: 21.5401. Valor muito acima do teto constitucional.

Alguns salários de comissionados da Defensoria Pública do Estado:
Defensor Público Geral R$ 30.278,40
Subdefensor R$ 27.482,11
Assessor R$ 17.448,77
Coord. de Finanças R$ 4.816,04
Coordenador Política Cível Metropolitana R$ 14.821,35
Coordenador Política Criminal Metropolitana R$ 19.710,99
Coord. De Política Cível e Criminal do Interior R$ 14.147,65
Corregedor Geral R$ 26.744,98
Diretor do Centro de Estudos R$ 22.172,7
Diretor do Interior R$ 17.421,48
Diretor Metropolitano R$ 29.905,50
Chefe de Gabinete R$ 24.534,70
Sec. Geral de Diretoria Metropolitana R$ 19.710,95
Total de salário pagos aos DAS da Defendoria Pública do Estado em fevereiro: R$ 649.684,24.

Postado por ASCONPA

Diversas notícias sobre a defensoria já foram postadas em diversos blogs.
No blog do Dep. Parsifal as postagens sobre esse assunto chegam a 500.

PELA NOMEAÇÃO DE MAIS DEFENSORES PARA TODO O ESTADO DO PARÁ............

Endereços dos Blogs.
http://www.uruatapera.com/blog/blog.asp
http://blogdosconcursados.blogspot.com/2011/03/defensoria-publica-do-estado-nao-nomeia.html
http://blogdoespacoaberto.blogspot.com/2011/03/aprovados-em-concurso-para-defensor.html
http://novoblogdobarata.blogspot.com/2011/03/concursados-na-defensoria-92-espera.html
http://blogdoestado.blogspot.com/2011/03/aprovados-em-concurso-para-defensoria.html