01 maio 2011

Aumenta número de homens violados por mulheres no Zimbábue

Notícias espantosas: As autoridades do Zimbábue alertaram a população masculina para o aumento de violações por parte de mulheres, que atacam os homens na crença de que tal lhes trará prosperidade nos negócios.

As forças de segurança recomendaram aos viajantes para não pedirem boleia, após um homem de 32 anos ter sido violado por três mulheres que o encontraram na estrada na semana passada, segundo o jornal local Herald.

O indivíduo, que se encontrava em viagem, apanhou boleia de um veículo com três mulheres a bordo que lhe injectaram uma substância ainda não identificada, após este se recusar a ter relações sexuais com elas. O homem acabou roubado, agredido sexualmente e abandonado na estrada pelas três ocupantes do veículo.

O incidente é o último de um número crescente de ataques de mulheres a indivíduos do sexo masculino que já ocorrem há cerca de um ano no Zimbabué.

O inspector da polícia Clemence Mabgweazara recomendou a todos os viajantes que usassem apenas transportes públicos e que se recusassem a entrar em veículos desconhecidos.

De acordo com o jornal Herald, a onda de agressões sexuais a jovens do sexo masculino é "preocupante e ao mesmo tempo chocante".

No mês passado, um homem foi violado na cidade ocidental de Karoi por uma motorista que usou uma serpente para o forçar a ter relações sexuais.

O Zimbábue tem uma das maiores taxas de aids no mundo, com uma em cada sete pessoas infectada. No entanto, o mesmo jornal sublinhou que as mulheres parecem ter usado preservativo na maioria das violações denunciadas.

Nenhum comentário: