19 setembro 2011

País investe US$ 317 por pessoa/ano em saúde. Noruega investe US$ 6,2 mil.

Leiam esses dados e entendam por que a falta de dinheiro é o maior problema da saúde pública no país:

O Brasil ocupa a 72ª posição no ranking da Organização Mundial de Saúde (OMS) de investimento em saúde, quando a lista é feita com base na despesa estatal por habitante. Os diversos governos gastam, juntos, uma média anual de US$ 317 por pessoa, segundo a última pesquisa da OMS, com dados relativos a 2008.

O desempenho brasileiro é 40% mais baixo do que a média internacional (US$ 517). A liderança do ranking de 193 países pertence a Noruega e Mônaco, cujas despesas anuais (US$ 6,2 mil por habitante) são vinte vezes maiores do que as brasileiras.

Apesar de o Brasil possuir a maior economia da América do Sul, três países do continente se saem melhor: Argentina, Uruguai e Chile.

Dados da reportagem de André Barrocal e Maria Inês Nassif, publicada na Carta Maior.

Nenhum comentário: