10 abril 2012

A crise na Espanha

O governo espanhol anunciou nesta segunda-feira (9) que planeja cortar mais € 10 bilhões em gastos em saúde e educação, em um esforço para reduzir o déficit público. O corte vem após o anúncio de um rigoroso orçamento para este ano, que já previa o corte de € 27,3 bilhões. O plano anunciado no final de março já se anunciava como o mais austero da história do país, com a missão de reduzir o déficit público, em 12 meses, de 8,51% a 5,3% do PIB. Depois de ter anunciado cortes orçamentários no valor de 8,9 bilhões de euros e uma alta de impostos de 6,3 bilhões de euros, a Espanha terá de buscar entre 30 e 40 bilhões de euros para alcançar o objetivo.

Nenhum comentário: