05 julho 2012

O enredo PT / PSB 1: Está faltando alguma coisa...

O PT começa a campanha com cenário desfavorável em nove das dez maiores capitais. A legenda lançará candidato em sete, mas, por enquanto, lidera só em Recife. O fim da aliança com o PSB local, no entanto, deve mudar o quadro. 

O partido enfrentará uma dura batalha para conseguir sair das eleições de outubro controlando qualquer uma das dez maiores cidades do país. Com a definição de Patrus Ananias como candidato em Belo Horizonte, os petistas passaram a ter nomes próprios em sete delas. Mas, se há três semanas a situação geral parecia alvissareira, hoje o quadro é sombrio. 

O caso de Recife soa pesado, e com implicações para a política nacional. Humberto Costa lidera a disputa, mas terá de enfrentar o candidato do governador Eduardo Campos (PSB), com aprovação popular que já chegou a 90%, e que está construindo uma aliança com quase uma dezena de partidos que antes estavam com o PT.

Está faltando algo para o PT. Talvez acordar de uma situação aparentemente confortável. 

Acho que está faltando fazer política...

Nenhum comentário: