05 julho 2012

O enredo PT / PSB 2: PSB antecipa plano presidencial após atritos com PT

Para alguns dirigentes do PSB seu partido está se "alforriando" do PT. O distanciamento entre os dois partidos, ocorrido nos últimos dias com o rompimento das parcerias no Ceará, em Pernambuco e em Minas pode antecipar, para 2014, o projeto do PSB de lançar o presidente do partido e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, na disputa pelo Palácio do Planalto, plano antes previsto para 2018.

No entender de muitos socialistas é preciso romper com a polarização entre PT e PSDB, tratada por ambos os lados como a disputa entre o bem e o mal, o atrasado e o moderno. 

José Dirceu culpa o senador Aécio Neves (PSDB-MG) pelo divórcio entre PT e PSB em Minas. Embora a decisão de sair da chapa de Lacerda para lançar candidato em Belo Horizonte tenha sido interna, Dirceu tem seus motivos para responsabilizar o tucano. Afinal, foi Aécio quem promoveu uma reunião de Lacerda com Ciro Gomes na terça-feira da semana passada, em Brasília. Ciro é defensor intransigente da tese da independência do PSB em relação ao PT.

Nenhum comentário: