18 dezembro 2009

Outra Amazônia 34: A primeira dimensão do NMD: A pessoa

O primeiro compromisso do Estado é com a pessoa. O governo deve promover qualidade de vida para todos e todas, superando a visão demagógica e assistencial das políticas neoliberais. O NMD tem um compromisso com o desenvolvimento da cidadania.
Por essa razão, as políticas de inclusão social devem ser focadas no fortalecimento do capital humano (mais e melhores serviços de saúde, educação, segurança e acesso à cultura, comunicação esporte e lazer).
O Estado tem um compromisso estratégico com a formação do capital social dos paraenses, e por isso deve promover a integração regional, o acesso à tecnologia e à informação, a capacidade auto-gestionária dos agentes econômicos locais e a participação social ativa.
Também é estratégica a reconstrução da máquina pública, bem como da capacidade de planejamento e articulação do Estado, prejudicada pelos doze anos de políticas neoliberais. Esse objetivo só pode ser alcançado por meio da valorização do servidor e do serviço público, da realização de concursos para o preenchimento de vagas e pela constituição de mesas permanentes de negociação com as diversas categorias de servidores. 

Nenhum comentário: