19 maio 2010

Complexo de vira-latas 2


O que foi veiculado ontem a noite, em todos os telejornais, deu a entender que o esforço diplomático brasileiro é inócuo diante da vontade dos Estados Unidos em punir o Irã.
Ora, isso é mais uma bobagem. Que decorre da ignorância purgativa gerada por esse complexo de vira-latas. 
Qualquer analista internacional sabe que os EUA movem uma verdadeira cruzada contra os opositores de seus interesses geopolíticos no oriente Médio e que procura, de todo modo, isolar o Irã, tal como fez com o Afeganistão e o Iraque e forçá-lo a se render à estratégia norte-americana.
E quando falo que qualquer analista internacional sabe disso posso até ir além e dizer que mesmo uma poarte importante da opinião pública norte-americana também sabe disso. Os leitores do New York Times escreveram fartamente em apoio à diplomacia brasileira, subindo o tom crítico à própria diplomacia. Veja aqui.
Alguém tem que lembrar que o Brasil não necessita da licença de terceiros para conduzir sua política externa. A mídia brasileira, com sua pobreza, digamos, espiritual, não sabe disso. 
Mas devia.
Faltou dizer que se os EUA apressaram aquela declaração de ontem é justamente porque sofreram o impacto da vitória brasileira. 

Um comentário:

Marise disse...

Meu querido eu voltei a ler os intelectuais de 30, sem os ranços que as esquerdas jogaram sobre eles; nossas heranças precisam ser repensadas pois o complexo de vira-lata é feroz e os que produzem informações são ainda piores.