17 maio 2010

Vitória da diplomacia

O acordo com o Irã, mais que uma vitória da diplomacia brasileira e do governo Lula, é um evento histórico, sem paralelo na história das relações internacionais do país. Não que seja o maior evento das relações internacionais - muito longe disso - mas é um evento inédito e importante. Histórico, portanto. Em primeiro lugar, porque firma o papel do país no cenário internacional, habilitando o Brasil como interlocutor. Em segundo lugar, porque solidifica um esforço "de estado" na direção da construção de um papel político. Lula se mostra chefe de estado, e não apenas líder de um governo. FHC sonhou em sê-lo, mas não o conseguiu. Aqui, a repercussão do acordo nos jornais do mundo. Aqui, o que Dilma disse a respeito, na entrevista que hoje cedo deu à CBN. 

Nenhum comentário: