29 junho 2010

O fim da reprovação nas 3 primeiras séries

Para continuar no assunto educação. Segundo o censo escolar de 2008, 74 mil crianças de 6 anos foram reprovadas. Com base nesses dados, o Conselho Nacional de Educação (CNE) realizou três audiências públicas - em Salvador, São Paulo e no Distrito Federal - e o resultado que saiu foi a decisão de recomendar "fortemente" que todas as escolas públicas e privadas não reprovem mais alunos matriculados nos três primeiros anos do ensino fundamental. Essa resolução terá que ser homologada pelo ministro Fernando Haddad.
O assunto é muito interessante. Como professor, vejo que temos, no Brasil, uma forte cultura de reprovação. Antes, deveria prevalecer o princípio da continuidade, penso.

Nenhum comentário: