29 junho 2010

Projeto paraense aprovado no edital Pontos de Mídia Livre

Na quarta-feira passada saiu no Diário Oficial da União o resultado do edital do Ministério da Cultura de Apoio aos Pontos de Mídia Livre. No Pará tivemos apenas um projeto apoiado, o “Grupo de Ação Ambiental Vila Viva Estúdio”, desenvolvido em Santarém. Ele foi aprovado na categoria de R$ 50 mil. Dois projetos do Amapá foram aprovados nessa categoria, e um outro o foi na categoria de R$ 100 mil. Esse esforço é genial, e deve incentivar outros organismos da sociedade civil a enviarem projetos no próximo edital. Outros três projetos paraenses foram bem pontuados, sendo classificados no edital, embora não premiados. Foram eles os seguintes: “Rede Curupaco de Mídias Livres da Amazônia”, encaminhado pela Associação Cultural Caminho de Vida, de Rondon do Pará; “Caravana Carbono Neutro Apaverde”, enviado pela Associação Paraense de Preservação do Verde e Estimulo a Doação de Órgãos, de Belém e “Produção Compartilhada na Amazônia”, do Centro de Estudos e Práticas de Educação Popular, também de Belém; “Projeto Azuelar”, do Instituto Nangetu de Tradição Afro-Religiosa e Desenvolvimento Social, de Belém.

Nenhum comentário: