23 julho 2010

10 reflexões que todo estudante de jornalismo deveria fazer

1. Reflita sobre o futuro dos cursos de comunicação e jornalismo após de desobrigação do diploma.
2. Reflita sobre a diferença entre todos aqueles valores éticos que você pretende acreditar, atualmente, e a prática real das empresas de comunicação. Converse com quem está no mercado sobre isso e perceba as entrelinhas do que essa pessoa vai lhe dizer.
3. Perceba como o conteúdo de um curso de comunicação é insuficiente para que você possa fazer uma análise, mesmo básica, da complexidade social. Encontre alternativas sérias para superar essa sua deficiência básica. Pense seriamente em fazer uma outra graduação, em sociologia, antropologia ou ciências políticas para voltar a trabalhar com jornalismo.
4. Imagine a parte da declaração de bens, na sua declaração de Imposto de Renda, no futuro. Reflita se poderá lhe fazer falta constatar a ausência de grandes coisas a declarar.
5. Considere suas fraquezas sentimentais. Indague-se se você está preparado para passar a vida sentindo uma sensação estranha de solidão (por vezes substancializada pela estranheza da realidade) que só passa quando você se casa de novo.
6. Confirme suas reais condições intelectuais. Tenha segurança de que você, realmente, é inteligente. Tenha certeza de que você sabe muita coisa e de que está preparado para mentir com convicção sobre o que você não sabe.
7. Tenha certeza de suas condições psicológicas para superar experiências sucessivas de suborno, coação e ofertas que você considera humilhantes.
8. Faça um check-up e reflita sobre suas condições físicas e psicológicas de resistência aos efeitos prolongados, sobre seu sistema hepático, do uso de substâncias alcoólicas.
9. Compare e reflita sobre a diferença entre diferentes categorias de blogs (por exemplo, fotoblogs, videoblogs, onlineblogs). Depois, pergunte-se a si mesmo se você está preparado para trabalhar com sistemas digitais complexos.
10. Reflita sobre o que faz você querer ser um jornalista. Tenha certeza de que você não se deixou envolver pela imagem bacana (e irreal) dos jornalistas descolados das novelas da Globo.
Perdoem-me pelo sarcasmo, crueldade e simplificação ingrata da profissão. Prometo que escreverei um post do tipo "as 10 reflexões que todo professor de comunicação deveria fazer" e outros sobre "as 10 reflexões que todo leitor de jornal tem receio de fazer para evitar que seu mundo desabe completamente".

Nenhum comentário: