26 agosto 2010

Banda larga à caminho

A Telebrás, estatal recriada por Lula para botar a banda larga no país, pediu ao governo R$ 1,4 bilhão para sua capitalização e para a execução do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga).
Desse total, R$ 600 milhões deverão ser executados ainda este ano, prazo para que o governo leve o PNBL para cem cidades, além de 15 capitais e o DF. Esses valores ainda precisam ser aprovados pelo Congresso. O dinheiro para o plano virá do Tesouro Nacional.

Nenhum comentário: