10 agosto 2010

A culpa a Obama 3

Os EUA têm um problema estrutural, atualmente, gerado pelo capitalismo irracionalista que praticou nas últimas décadas – em especial nas últimas décadas: a falta de empregos.
Isso ocorreu porque as grandes empresas do país, desejando ampliar seus lucros – e a pretexto de entrarem numa nova fase do capitalismo, que batizaram de capitalismo globalizado – passaram a transferir seus postos de trabalhos para lugares onde a mão de obra era mais barata.
Fazer isso não era uma coisa evidente. Dependia de aprovação do Congresso. No problems: criaram um lobby poderoso, lobby do “livre comércio”, que conseguiu aprovar todas as leis de que precisava, durante os últimos 30 anos, para autorizar as corporações a enviarem capital de investimento para o terceiro mundo.
Isso começou a acontecer no governo Reagan, e continuou nos governos Bush, Clinton, Júnior e Obama.
Em resultado, os empregos que antes estavam nos EUA agora estão em Guangzhou. Ok, e também, às centenas de milhares, no restante da China, em Taiwan, no Vietnã, na Índia, em Singapura e na Indonésia.
Isso chama-se neo-liberalismo, hahaha.
Os empregos que sobraram, para centenas de milhares de norte-americanos altamente qualificados e perfeitamente reinados é fritar hambúrgueres, ganhando, quando bem pagos, US$ 7,50 por hora.
Pode ficar com pena, se quiser.

Nenhum comentário: