15 setembro 2010

Arthur Virgílio fora do Senado

Arthur Virgílio, um dos opositores do governo Lula de maior visibilidade midiática, corre o risco de perder o mandato. É o que indica a pesquisa do Ibope divulgada na segunda-feira pela TV Amazonas, afiliada da Rede Globo. A pesquisa mostroa que, na disputa por uma das duas vagas do Senado, Arthur Virgílio está com 34% das intenções de votos, contra 39% da deputada federal Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM) e 80% do ex-governador Eduardo Braga (PMDB).
Braga e Vanessa são aliados do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Apesar de o PT ter uma candidata ao Senado, Marilene Corrêa, os esforços do PT nacional estão concentrados na campanha de Vanessa, principal concorrente de Virgílio.
O esforço para tirar o senador tucano é tanto que, ontem, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva gravou um vídeo pedindo votos para Vanessa, e falando sobre a importância de se ter um aliado do presidente da República na Casa. Inimigo pessoal de Virgílio, o ex-governador Eduardo Braga também está empenhado em derrotá-lo. Ele tem usado metade de seu tempo na propaganda eleitoral para pedir votos para Vanessa.
Deixar Virgílio fora do Senado é uma vitória expressiva para o governo Lula. Substituí-lo por Vanessa Grazziotin é um triunfo para o provável futuro governo Dilma.

Nenhum comentário: