15 setembro 2010

Dois terços dos analfabetos são mulheres

A Unesco divulgou o seguinte dado: Das 796 milhões de pessoas apontadas como analfabetas no mundo, dois terços (cerca de 530 milhões) são mulheres. O estudo também aponta que os analfabetos também são os mais atingidos por problemas causados pela fome e por crises econômicas. No Brasil, a taxa de analfabetismo caiu 1,8 ponto percentual nos últimos cinco anos e registrou 9,7% em 2009. Na Região Nordeste, reconhecida historicamente por ter o maior número de iletrados do país, a taxa caiu de 22,4% (2004) para 18,7% (2009). Essa informação foi divulgada pela pesquisa PNAD, do IBGE, que contabilizou 14,1 milhões de pessoas que não sabiam ler ou escrever, no Brasil, em 2009.

Nenhum comentário: