20 setembro 2010

Inpe indica que menor taxa histórica de desmatamento na Amazônia

O governo brasileiro trabalha com a indicação de que o desmatamento na Amazônia, no período 2009/2010, será o menor da série histórica, iniciada em 1977 – superando inclusive o resultado recorde verificado no período anterior (2008/2009), quando as derrubadas somaram 7.400 mil km2. O número oficial ainda está sendo processado pelo Prodes, sistema ligado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e será divulgado em novembro, mas tudo indica algo entre 5.000 km2 e 6.000 km2 de área desmatada no período.
Se o número for confirmado, o país terá antecipado, para este ano, a meta de desmatamento prevista para 2015, de acordo com Plano Nacional de Mudanças Climáticas. Pelas metas, o desmatamento na Amazônia Legal terá de cair para 5.000 km2 até 2017. O problema metodológico do Deter é que seu sistema de monitoramento não “enxerga” áreas desmatadas com menos de 25 hectares.

Nenhum comentário: