22 outubro 2010

Bolinhagate 2: Se for comprovada a fraude, Globo deveria perder a concessão

Reproduzido do blog de Renato Rovai:
Vídeo abaixo é impressionante. Não estou atestando sua veracidade. Estou dizendo que é impressionante.
É preciso abrir uma investigação urgente sobre esse caso. Se porventura a armação vier a se confirmar. A TV Globo deve ter sua concessão questionada do ponto de vista jurídico.
Uma ação patrocinada por toda a sociedade civil deve ser ajuizada logo após o processo eleitoral.
Seria uma das mais grotescas ações com intenção deliberada de favorecer uma das candidaturas e não pode ser tratada como algo natural.
O caso tem que ser tratado com a importância que merece.

2 comentários:

Anônimo disse...

O "ovo da serpente" parece que quer eclodir por estas bandas, se for comprovado que houve editoração de imagem para forjar um segundo objeto atingindo a cabeça do candidato José Serra, poderemos dizer que houve por parte da Rede Globo um serissímo atentado ao regime democrático brasileiro, pois, caracterizaria uma grave tentativa (explícita) de manipulação da consciência e por consequencia da opinião do eleitorado brasileiro em um momento delicadissímo, que é a reta final de uma campanha presidencial.

Neste caso havendo a comprovação da manipulação de imagens, a Rede Globo teria criado para si, mais uma mancha em sua extensa folha corrida de deserviços a ordem democrática brasileira:

1- Tentativa de manipulação dos dados da eleição para governador do Rio de Janeiro, em 1982.

2- Transformação do Comício pelas "Diretas Já" em 25/01/1984 em manifestação pelo "aniversário da cidade de São Paulo"

3- O caso da filha (Lurian) fora do casamento de Lula, que foi explorado vergonhosamente pela imprensa na campanha presidencial de 1989.

4- A tentativa de vincular o sequestro do Publicitário Washington Olivetto, a campanha de Lula em 1989

5- A editoração tendenciosa do debate final entre Lula e Collor, dois dias antes do segundo turno da eleição de 1989.

Acho que presenciamos, passivamente, ou para usar um termo mais atual "abestadamente", uma séria tentativa de golpe as instituições democráticas deste País. Nunca é demais lembrar que as intituições de um regime democrático, não podem ignorar nem tolerar estas tentativas ou avisos de viés autoritário que são dados por aqueles que nutrem profundo desprezo pelas intituições do regime democrático, como por exemplo a cúpula da Rede Globo de Televisão.

O Putsch da Cervejaria foi uma malfadada tentativa de golpe de Adolf Hitler e do Partido Nazista contra o governo da região alemã da Baviera, ocorrida em 9 de novembro de 1923. Se houvesse uma punição exemplar a aquela altura o mundo não teriamos assistido "abestadamente" partido Nazista chegar ao poder, o resto como sabemos é historia

A pergunta seguinte é o que vamos fazer?

Quantos "Putsch da Cervejaria" nossa incipiente democracia, ainda pode aguentar?


Reginaldo.

Anônimo disse...

Pior é que a campanha da Ana Júlia foi pra mesma linha sensacionalista, factoidiana e vergonhosa do Serra e da Dilma. Fala apenas do pescador, preguiçoso...

Que feio.