12 outubro 2010

Para entender a cultura hacker

Via Monitorando: Ainda não se desfez o mal entendido sobre a palavras “hacker”. Muita gente ainda vê nela um tom pejorativo e uma semântica que aponta para a violação de sistemas e o crime cibernético. Se você pensa que hackers são sempre assim, melhor dar uma passada nos links a seguir. Você tem dez chances de mudar de ideia:
Hacker Teen: projeto brasileiro para orientar e instruir jovens a navegarem com segurança pela web.
Os mais famosos da história: violadores ou inovadores? Veja um pouco do legado dos hackers à internet.
Manifesto Ciberpunk: uma declaração de princípios pelo anonimato na rede e pela liberdade de navegar.
A ética hacker e o espírito da informação: estudo de Pekka Himanen sobre a comunidade hacker e seus valores.
Netiqueta: a etiqueta da rede, um contrato social entre os internautas.
Privacidade eletrônica: site do Electronic Privacy Information Center, instituto de pesquisas em Washington
Pela liberdade: se ela estiver ameaçada na web, a ong Eletronic Frontier Foundation promete ser a primeira a se opor.
Democracia e Tecnologia: site da ong Center for Democracy & Technology.
Software Livre Brasil: o sociólogo Sérgio Amadeu é uma das maiores referências nacionais sobre o assunto.
Universo Geek: dicas e mais dicas.

Nenhum comentário: