28 dezembro 2010

Haveres de ex-presidente

Ao entregar a faixa presidencial para Dilma, passando a integrar a lista de ex-titulares do Planalto, Lula passa a receber os benefícios vitalícios previstos por lei. Esses benefícios são os seguintes (além do salário vitalício, de cerca de R$ 20 mil): 
  • quatro funcionários para segurança pessoal, 
  • dois motoristas, 
  • dois assessores e
  • dois veículos. 
Os salários dessa equipe variam de R$ 2.115 a R$ 8.988. Para 2011, o gasto da União com benefícios deverá superar R$ 2,7 milhões. A utilização dos cargos e veículos não é obrigatória, mas os quatro ex-presidentes vivos - José Sarney (PMDB), Fernando Collor (PTB), Itamar Franco (PPS) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB) - estão usando toda a cota. Collor não teria direito, em função do impeachment, mas garantiu o direito na Justiça.

Nenhum comentário: