22 dezembro 2010

Último pronunciamento de Lula será cheio de emoção e recados

A Folha de S. Paulo vazou, hoje, alguns trechos do pronunciamento que o presidente Lula fará, amanhã, ao país. Será o último pronunciamento oficial à nação de Lula, como presidente. Ao que tudo indica, será um discurso carregado de emoção e com alguns recados. Vejam só: “Saio do governo para viver a vida das ruas. Homem do povo que sempre fui, serei mais povo do que nunca, sem renegar meu destino e jamais fugir da luta”.

E teremos também o seguinte: “Onde houver um brasileiro sofrendo, quero estar espiritualmente ao seu lado. Onde houver uma mãe e um pai com desesperança, quero que minha lembrança lhes traga um pouco de conforto. Vivi no coração do povo e nele quero continuar vivendo até o último dos meus dias”. Sim, um tanto forçado, mas conveniente, em relação às expectativas da população e coerente como o processo do "mito Lula".

Mas o momento que achei realmente interessante se dará quando Lula disser que governou bem por ter berço pobre, se sentir como um cidadão comum e por conseguir se “livrar da maldição elitista” que governava para poucos. Lá isso é verdade.

Nenhum comentário: