17 janeiro 2011

40 deputados não assumem os mandatos

Nada menos que 40, dos 513 deputados federais eleitos, se afastaram do mandato para assumir cargos no Executivo - federal ou estadual. No Senado Federal o estrago foi menor: apenas dois dos 81 senadores deixaram a Casa. 

Entre aqueles que deixam o Legislativo para assumir pasta ministerial estão duas mulheres, ambas reeleitas para a Câmara Federal. São elas as petistas Maria do Rosário (RS), que assumiu a Secretária de Direitos Humanos da Presidência da República e Iriny Lopes (ES), que ocupa a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres. Como as secretarias têm status de ministério, não é necessário renunciar ao cargo no Legislativo.

Os dois senadores licenciados são os peemedebistas Edson Lobão (MA) e Garibaldi Alvez Filho, que assumiram respectivamente os ministérios de Minas e Energia e da Previdência Social.

Dos 40 suplentes que podem assumir o mandato no Legislativo em 2 de fevereiro, 23 são veteranos no cargo, mas não foram reeleitos para a próxima legislatura. A volta para a Câmara, nesses casos, fica sujeita ao licenciamento dos eleitos para cargos no Executivo federal ou estadual.

Nenhum comentário: