28 março 2011

Assembleia de Deus lança rede social que usuário tem que pagar para usar


Aproveitando a grande repercussão que as redes sociais estão tendo, a Igreja Assembléia de Deus não ficou de fora e lançou sua própria, a Comunidade AD.
O Presidente da Convenção Geral das Assembléia de Deus do Brasil (CGADB), Pastor José Wellington, anunciou a Comunidade AD como um grande passo para o evangelismo em pleno Centanário da denominação no Brasil. Após se cadastrar os usuários descobrem que a ferramenta é “exclusivamente para membros da Assembléia de Deus” e que se quiserem usa-la plenamente terão que escolher entre planos de pagamento mensal. O Plano Ouro semestral está no valor de R$9,95 por mês, um total de R$59,70 pelo período. Há também planos de pagamento mensal, por R$ 14,95 e trimestral, no valor de R$ 13,95. Ambos por mês. O pagamento pode ser feito por boleto bancário ou cartão de crédito.
Ao se cadastrar os usuários ganham automaticamente um mês grátis no plano ouro, mas para conseguir continuar utilizando-o é preciso escolher um dos planos após o período. Há também o plano básico, gratuito para quem não quiser pagar, mas que restringe o usuário a ter no máximo 12 amigos, publicar 12 fotos e “seguir” somente 12 pastores.
Segundo a equipe da Comunidade AD pagando pelo serviço o assembleiano estará “usufruindo de uma plataforma moderna e adequada para a propagação da palavra de Deus” e “contribuindo diretamente com as obras da Igreja”, além de que “com plano Ouro você poderá ter quantos amigos quiser, postar quantas fotos desejar e seguir qualquer pastor”.

A Comunidade AD foi lançada em fevereiro de 2011 na Igreja-Mãe em Belém e estava antes restrita apenas a pastores da denominação. Sua aparência e funcionalidades são muito parecidas com as do Facebook.

Nenhum comentário: