12 outubro 2011

A baianidade vista pela amazonidade

Logo mais tomo o avião para Salvador, de onde pegarei outro, em direção à bela cidade histórica de Lençóis, na chapada Diamantina. Irei participar do Sinbaianidade, um seminário nacional sobre a identidade cultural baiana, que a Universidade do Estado da Bahia está, lá, promovendo. Participarei de uma mesa denominada "A baianidade vista pela alteridade", a qual será composta, ainda, pelo caro amigo Alexandre Barbalho, de Universidade Estadual do Ceará, que falará sobre "A política cultural e a baianidade vista por um cearense" e por um pesquisador argentino cujo nome me escapa, no momento, que desenvolverá o tema “La baianidad y el problema de las identidades”. Eu vou desenvolver o seguinte tema "A baianidade vista pela amazonidade".

Nenhum comentário: