12 outubro 2011

Só com uma Constituinte é que a coisa vai

Emir Sader publicou um artigo em seu blog, replicado aqui, no qual chega a uma conclusão absolutamente ponderada a respeito da reforma política: a de que ela não vai sair como preste, se continuar do jeito que vai. E que a única forma de fazer direito é como antes se dizia: só com uma Constituinte especialmente convocada para discutir essa questão. Diz ele:
Basta Lula e Dilma se recordarem das posições que defenderam durante a campanha e recolocarem a proposta de convocação de uma Assembleia Constituinte Autonoma. Certamente o PT e os outros partidos de esquerda seguirão por esse caminho e o Brasil poderá renovar, de forma mais acelerada e transparente, seu sistema politica e sua democracia.

Nenhum comentário: