31 outubro 2011

Superar a choradeira e combater a mídia hegemônica

Aliás, convém bem ler o que, a respeito, escreveu Altamiro Borges a respeito do que se pode - se tem - que fazer diante da mídia hegemônica:

1- Não ter qualquer ilusão com a mídia hegemônica; chega de babaquice e servilismo diante da chamada “grande imprensa”;

2- Investir em instrumentos próprios de comunicação. A luta de idéias não é “gasto”, é investimento estratégico;

3- Lutar pela regulação da mídia e por políticas públicas na comunicação, que coíbam o poder fascista do império midiático.
O governo Dilma precisa aprender que a democratização da comunicação é uma questão estratégica. Tem que superar a superar a choradeira e a defensiva. Como diz Altamiro, "Hoje são ministros depostos; amanhã será o sangramento e a derrota da própria presidenta e do seu projeto, moderado, de mudanças no Brasil".

Nenhum comentário: