14 dezembro 2011

PT critica o silêncio da mídia a respeito do livro sobre a privataria tucana

Parlamentares da bancada do PT na Câmara criticaram em pronunciamento no plenário, ontem, o “silêncio da mídia” ao ignorar o lançamento do livro “Privataria tucana”, do jornalista Amaury Ribeiro Jr., que chegou às livrarias na última semana.

O livro, de 343 páginas, denuncia com riqueza de detalhes e farta comprovação, tudo devidamente documentado, as falcatruas cometidas nos processos de privatizações de empresas públicas durante o governo FHC (1995-2002).

O deputado Cláudio Puty (PT-PA) lembrou que isso apenas confirma a importância da proposta do PT, de democratização e controle social da mídia, “para que possamos ter uma mídia mais comprometida com a verdade”.

Para o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) o silêncio da mídia revela “cumplicidade”. 

O livro de Amaury Ribeiro Jr. mostra o esquema de lavagem de dinheiro e pagamento de propina, devidamente documentado, em que o ex-governador de São Paulo, José Serra, aparece como personagem central. O livro mostra o envolvimento de amigos e parentes do tucano paulista em operações financeiras suspeitas durante o processo de privatização.

A Rede Record foi um dos poucos grandes veículos a abrir espaço para o tema. Ontem, no Jornal da Record, Amaury Ribeiro Jr foi entrevistado. Reproduzo a entrevista e matéria a respeito dele:





Nenhum comentário: