25 janeiro 2012

Bradesco está desfigurando imóvel histórico em Belém. Oportunistas estão roubando os azulejos. Cadê o poder público?


Edifício localizado na Av. Nazaré, Largo do Redondo, foi reformada no início do século XX pelo engenheiro arquiteto José Sidrim como residência do Sr. Lopo de Castro, atualmente sede de um Banco, está tendo seus preciosos azulejos retirados na surdina. Não se sabe se estão tendo o mesmo destino dos belos gradis do casario vizinho. Valha-nos quem?

Do Facebook da Ana Léa Mattos.

Observação: Passei hoje por lá. A porta que aparece nesta foto está coberta com um tapume. Ainda ontem percebi que os azulejos internos dessa varanda estavam sendo retirados. É caso de polícia. Quem vai fazer o quê?

5 comentários:

Vera Paoloni disse...

http://artebancaria.blogspot.com/2012/01/bradesco-atenta-contra-vida-seguranca-e.html

Anônimo disse...

Informamos que o Ministério Público Federal instaurou, com base em sua informação, um procedimento de apuração. O procurador José Augusto Torres Potiguar oficiou ao Iphan para saber:
1. Se o bem faz parte da lista do patrimônio histórico federal em nossa cidade;
2. Se for tombado pela instituição federal, que seja feita vistoria no local, com embargo de quaisquer obras irregulares.

Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação
Fones: (91) 3299-0148 / 3299-0177
E-mail: ascom@prpa.mpf.gov.br
Site: www.prpa.mpf.gov.br
Twitter: http://twitter.com/MPF_PA

Fabio Fonseca de Castro disse...

Agradeço ao MPF os encaminhamentos dados.

podcastigar disse...

Poder público - Está no mesmo lugar a anos fazendo a mesma coisa que sempre fez NADA. Quer um grande exemplo disso? Belém do Pará ainda tem como Prefeito o Duciomar Costa que já foi cassado várias vezes pelo "poder público" e o caso não deu em nada.

Casarões tombados - A cidade é cheia de casarões antigos literalmente tombados pelo tempo. Exemplo: olhe pro lado direito do prédio do Bredesco em direçao a José Malcher e veja vários casarões caindo aos pedaços.
Quer outro? Ande pela região do comercio.

Samir Oliveira disse...

Poder público - Está no mesmo lugar a anos fazendo a mesma coisa que sempre fez NADA. Quer um grande exemplo disso? Belém do Pará ainda tem como Prefeito o Duciomar Costa que já foi cassado várias vezes pelo "poder público" e o caso não deu em nada.

Casarões tombados - A cidade é cheia de casarões antigos literalmente tombados pelo tempo. Exemplo: olhe pro lado direito do prédio do Bredesco em direçao a José Malcher e veja vários casarões caindo aos pedaços.
Quer outro? Ande pela região do comercio.