22 junho 2012

A ordem tucana e os pistoleiros de Daniel Dantas

É, de fato, o Pará vai re-adentrando, aos poucos, na ordem tucana... Na ordem tucana da indiferença quanto aos conflitos rurais. Pistoleiros da fazenda Cedro, do grupo Santa Bárbara, de Daniel Dantas, desfizeram à bala manifestação do MST que na manhã de ontem, faziam protesto em frente à sede da propriedade. Até criança de colo saiu baleada.


A intenção das centenas de famílias envolvidas na ação era apenas denunciar o uso intensivo de agrotóxico e a grilagem de terra publica que caracteriza a ação do grupo no sudeste do Pará.

Há muitos feridos, que foram levados para o hospital de Eldorado do Carajás, a 50 km do local.

O Governo Jatene enviou a polícia civil, a polícia militar, mas isso aparenta representar, mormente, a garantia dos direitos do mais forte. A ordem tucana...

No blog Flanar, Marise Morbach comenta "Saibam que a vida poderia ser muito pior se não houvesse um movimento de sem terras aqui no Pará. Ah, nós aqui nos grandes centros urbanos não temos ideia do que os movimentos sociais organizados significam para a Paz na terra. Viva o MST!".




Nenhum comentário: