21 maio 2013

Seminário Internacional Estudos de Televisão Brasil-França


Dia 3 de junho próximo, em Salvador, acontece o Seminário Internacional Estudos de Televisão Brasil-França.
O evento é promovido pelo Grupo de Pesquisa em Análise de Telejornalismo (www.telejornalismo.facom.ufba.br), do Programa de Pós Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, com apoio do CNPq e da CAPES. Segue a programação das mesas:

Políticas públicas e patrimônio audiovisual: os desafios da memória
  • Maryline Crivello. Professora de História da Mídia na Aix-Marseille Université, Diretora do Centro de Pesquisa  Telemme - Temps, Espaces, Langages, Europe Méridionale – Méditerranée.
  • François Valloton. Professor na Université de Lausanne, Suiça.
  • Esther Hamburger. Professora da Universidade de São Paulo, responsável pelo projeto deDigitalização do Acervo da Extinta TV TUPI/Cinemateca Brasileira.
  • Veronique Ginouvès. Pesquisadora na Phonothèque de la Maison méditerranéenne des sciences de l’homme, Aix-en-Provence.
  • Coordenação: Itania Maria Mota Gomes


A História e a história da produção televisiva
  • Evelyne Cohen. Professora de História e Antropologia Culturais da École Nationale Supérieure des Sciences de L’information et des Bibliothèques (ENSSIB-Université de Lyon) e doLARHRA -  Laboratoire de Recherche Historique Rhône-Alpes.
  • Anne Marie Granet. Professora de história contemporânea da Université Pierre Mendès France Grenoble 2, onde dirige o LARHRA -  Laboratoire de Recherche Historique Rhône-Alpes. É coordenadora do projeto de pesquisa Mémo-Risque 2. Archives télévisuelles et mémoire des risques.
  • Bruno Leal. Professor da Universidade Federal de Minas Gerais e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, na linha de pesquisa "Meios e produtos da comunicação.
  • Fernanda Maurício. Professora da Universidade Paulista, do Programa de Pós-graduação em Comunicação. Pesquisadora associada ao Grupo de Pesquisa em Análise de Telejornalismo.
  • Juliana Gutmann. Universidade Federal da Bahia/ Bolsista de PNPD/CNPq. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Análise de Telejornalismo.
  • Geraldine Poels. Pesquisadora na Université de Versailles Saint-Quentin-en-Yvelines e membro d Centre d’histoire culturelle des sociétés contemporaines.
  • Itania Maria Mota Gomes. Professora na Universidade Federal da Bahia e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas. Coordena o Grupo de Pesquisa em Análise de Telejornalismo.
  • Coordenação : Jussara Peixoto Maia


Desafios da análise de televisão 
  • Myriam Tiskounas. Professora na Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne, onde Dirige o Centro de Pesquisa ISOR - Images, Sociétés, Représentations. É coordenadora do Mestrado em História e Audiovisual.
  • Maria Carmem Jacob. Professora da Universidade Federal da Bahia e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas. Coordena o Laboratório de Análise de Teleficção.
  • Marie-France Chambat-Houillon. Professora na Université Paris 3-Sorbonne Nouvelle epesquisadora no Centre d'Etudes des Images et des Sons Médiatiques/CEISME (CIM), Laboratório de Excelência Industrias Culturais e Criação Artística. 
  • Elizabeth Bastos. Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria.
  • Isabelle Gaillard. Professora de História Contemporânea na Université Pierre Mendès France, Grenoble II e Membro do LARHRA (Laboratoire de Recherche Historique Rhône-Alpes).
  • Inês Vitorino. Professora da Universidade Federal do Ceará e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Coordena o GRIM/Grupo de Pesquisa da Relação Infância, Juventude e Mídia.
  • Coordenação: Maria Lília Dias Castro

Encerramento: 18h30

Nenhum comentário: