29 janeiro 2014

Desejo, espelho, especialidade

"Cruzo-me, ao longo da minha vida, com milhares de corpos; desses milhares posso desejar umas centenas; mas dessas centenas, não amo senão um. O outro por quem estou apaixonado mostra-me a especialidade do meu desejo."

Roland Barthes, Fragmentos de um discurso amoroso.

Nenhum comentário: