10 maio 2010

Eleições no Reino Unido 7

O trabalhista Gordon Brown, atual primeiro-ministro, renunciou à presidência do Labour. A rede Record disse que o fato indica uma coligação entre os conservadores de David Cameron e os liberais democratas de Nick Clegg. A rede Globo, agora há pouco, foi mais esperta. Disse que sua renúncia é uma cartada final dos trabalhistas: entregar seu principal nome (e mais algumas fichas políticas) para tentar viabilizar uma aliança com os Lib-dems.
Ainda que o líder liberal democrata tenha declarado que prefere formar uma aliança com os conservadores, já que eles tiveram maior número de votos, nada indica, definitivamente, que seja o fim do reinado trabalhista. Afinal, a compensação política de Clegg será, em qualquer um dos casos, a sonhada reforma eleitoral do lib-dems.

Nenhum comentário: