22 novembro 2010

O que significa Guido Mantega continuar no Ministério da Fazenda?


Já se sabe que Guido Mantega continuará no Ministério da Fazenda. Dá para entender o que justifica essa escolha de Dilma a partir do noticiário dos últimos dias. O assunto é deveras interessante: a intenção de Dilma de entregar ao país, até 2014, duas mercadorias preciosas para a economia brasileira. A primeira: uma lipoaspiração na dívida líquida interna, emagrecendo-a dos atuais 41% para 30% do PIB. A segunda: juros reais de civilizados 2% ao ano.
O que Mantega tem a haver com isso? Bom, todos lembramos de como ele criticava, sempre com riso irônico nos lábios, os juros altos administrado pelo BC. Aí está…
O melhor jeito de baixar os juros é ter coragem para fazer o ajuste fiscal que, desde a invenção do Plano real, o governo brasileiro se abstem de produzir. A receita é fechar o cofre sem deixar de investir. E, também, desonerar a folha salarial e as exportações sem comprometer a coleta do fisco
Ou seja, Mantega fica para aprofundar a austeridade.

Nenhum comentário: