11 abril 2011

Diplomacia de resultados 1

Por que Dilma está na China? Porque o Brasil quer que a China seja mais do que compradora de terras, soja e minérios do país. Quer fábricas e investimentos chineses. Segundo o Correio Braziliense, além do anúncio da encomenda de aviões à Embraer, Dilma está certa de que voltará da viagem com um contrato de US$ 200 milhões para que a indústria eletroeletrônica ZTE comece a se instalar em Hortolândia (SP). 

Aliás, está prevista visita à fábrica ZTE, em Xian, seguida por reunião com executivos da Huawei, empresa chinesa líder no mercado de banda larga fixa e móvel, e que atua no Brasil desde 1999, em parcerias com as principais operadoras de telefonia. Nesses dois encontros o tema será o Plano Nacional de Banda Larga. O Brasil pretende atrair investidores para o PNBL. É nesse sentido que será assinado o acordo para desenvolver linhas de transmissão de energia a longa distância, a ser assinado amanhã entre a Eletrobrás e a State Grid, outra grande empresa chinesa.

Nenhum comentário: