20 maio 2012

Não lhe escreverei mais nenhuma carta

"Despedimo-nos na biblioteca onde nos conhecemos noutro Inverno. Sou um homem cobarde; não lhe deixei a minha direção para iludir a angústia de esperar cartas." 

J.L. Borges, O livro da Areia

Nenhum comentário: