15 maio 2013

Porto da Cargill, em Santarém, e o trem da Vale, em Marabá, só deixam o apito e a poeira.

Li no blog do Prof. Manuel Dutra:


Porto da Cargill, em Santarém, e o trem da Vale, em Marabá, só deixam o apito e a poeira. O resto é ilusão

Para a população da cidade de Santarém não deve haver muito a lamentar. Todos sabem  que um empreendimento com o Porto da Cargill funciona, para Santarém, assim como o trem da Vale funciona para Marabá: o trem deixa o apito e a fumaça; o navio da Cargill deixa o apito e a poeira da soja que se espalha na redondeza. Com o deslocamento do volume a ser exportado por outros portos, mesmo nas vizinhanças, a cidade só terá a ganhar.

Nenhum comentário: